PAGUE SOMENTE O ENVIO

 

 

Quatro anos depois de escrever O Canto das Mulheres do Asfalto, em 2014, peça que foi encenada pelas mãos da diretora Georgette Fadel com uma bem-sucedida carreira de apresentações e boas críticas, Carlos resolve falar do masculino. O autor, que já estudava o feminismo e seus desdobramento há anos, tem a percepção da urgência em pesquisar o masculino ao se deparar com uma frase de Virginie Despentes, em Teoria King Kong: “de que autonomia os homens tem tanto medo que continuam a se calar, a não inventar nada? A não produzir nenhum discurso novo, crítico, inventivo sobre sua própria condição? Para quando é a emancipação masculina?”. A partir dai começa a escrita da dramaturgia de O canto dos Homens da Terra.

O CANTO DAS HOMENS DA TERRA - Carlos Canhameiro

R$ 7,00Preço

    João Correia Filho © 2018    

    Mireveja - imagem e texto ltda  -  CNPJ 06.248.203/0001-88 - Rua Maria Cecília de Oliveira Maciel, 1-13 Jd. Colonial Bauru - SP - CEP 17047-625